Apex Legends, Fortnite e PUBG – Battle Royale do livro ao games

Um exemplo da relação entre literatura e games.

A interseção entre produtos de cultura geek é bem reconhecida pelos fãs: filmes que viram livros, jogos de tabuleiro que nasceram de séries, e assim por diante. Contudo, há algumas relações que não são tão exemplificadas assim, mas que podem alterar a maneira como consumimos nossos produtos favoritos. Uma dessas conexões acontece entre literatura e games – não apenas de nossos personagens favoritos dos livros aparecerem como jogáveis, mas também em como a literatura pode dar margem a criação de novos gêneros de jogos.

Um dos melhores exemplos para demonstrar isso é analisar o nascimento dos Battle Royales, que andam bem populares entre os jogadores. Apex Legends, Fortnite e PUBG, entre outros, são games do mesmo gênero, eles apresentam mecânicas semelhantes. Chamados de jogos de batalha real, eles colocam seus jogadores em uma grande arena, cujo objetivo é a sobrevivência (seja sozinho ou em times). Geralmente, os jogadores começam uma partida em uma área segura, que encolhe com o tempo, o que força combates e encaminha para o final, quando um jogador ou um esquadrão eliminam todos os outros competidores.

Mesmo que tenhamos visto algumas dessas mecânicas nascerem como mod em outros games, como ARMA 2 ou Minecraft, a origem do termo e do gameplay é bem mais antiga. Data de 1999, com o lançamento do livro Battle Royale de Koushun Takami – que depois ganhou adaptações para filme e para mangá. A trama do livro conta a história de um Japão no futuro, controlado por um governo totalitário. Todo ano uma turma do ensino médio é escolhida, e os alunos são forçados a batalhar uns contra os outros até a morte, até que sobre um sobrevivente, o grande vencedor.

Se você achou essa história conhecida mesmo sem ter lido Takami, é porque a série Jogos Vorazes (Hunger Games), tem a mesma temática. O primeiro livro da trilogia foi lançado em 2008, e o primeiro filme, em 2012 – mesmo ano em que um mod chamado Hunger Games chegou a Minecraft.

Contudo, quem realmente firma os jogos de batalha real como um gênero relevante para a indústria de games é Brendan Greene, com um mod para ARMA 2/DayZ, lançado em 2013. Na época, o desenvolvedor era conhecido por seu apelido: “PlayerUnknown” Um desses jogos foi o mod Battle Royale para ARMA 2/DayZ, desenvolvido por Brendan Greene, conhecido por seu apelido on-line, “PlayerUnknown”, e lançado pela primeira vez em 2013. Na época, Brendan morava no Brasil (só uma curiosidade legal). Em 2016, a Bluehole começou o desenvolvimento de PlayerUnknown’s Battlegrounds; game que abriu a porteira para a popularidade do gênero quando foi lançado, em 2017.

Na Verve, você pode descobrir mais sobre gêneros de games com o nosso curso de Fundamentos de Game Design, e experimentar escrever com o curso de Escrita Criativa. Quem sabe não teremos entre nossos alunos um novo Koushun Takami ou Brendan Greene?


 

Compartilhe:

Comentários

CONTATO

Ficou alguma dúvida? Entre em contato e responderemos o mais breve possível.

HoráriosSegunda à sexta:
9h às 20h

Telefone11 36752360

EndereçoRua Ministro Gastão Mesquita, 354
Perdizes
São Paulo - SP