Oficinas de Crônicas e Perfis


A oficina de desenvolvimento de crônicas e perfis tem como objetivo destrinchar as origens históricas destes gêneros que transitam entre o jornalismo e a literatura, entre a ficção e o fato, entre aquilo que pertence ao conhecimento público e as falas de personagens anônimos que passam imperceptíveis ao primeiro olhar, mas ricos em suas vivências, e que silenciosamente imprimem a identidade das cidades e de um povo. O estudo de crônicas e perfis enquanto gêneros tem como intenção trazer o indivíduo para o centro do palco narrativo e humanizar o acontecimento, muitas vezes embrutecido e dessensibilizado. Nesta oficina serão estudados autores consagrados como Carlos Drummont de Andrade, Gay Talese, Machado de Assis, Paulo Mendes Campos, Truman Capote e Eliane Brum, com um foco prioritário na prática textual.

Datas e Horários


  • Próxima turma: data a definir

  • Período: Matutino

    Duração: 12 Aulas

  • Dia: Terça-feira | 09h às 12h

Conteúdo Programático


  • Aula 1: O que é uma crônica? Qual a sua função literária ou jornalística? Um estudo de suas raízes históricas.
  • Aula 2: Crônica x Conto: quais as diferenças e semelhanças entre os gêneros? É possível conciliar ambos os gêneros?
  • Aula 3: A crônica enquanto gênero tipicamente brasileiro. Uma breve linha do tempo dos principais autores e construção enquanto intersecção entre fantasia e realidade no imaginário popular.
  • Aula 4: A cidade e a “banalidade” como personagens: análise sobre a importância do ambiente e como aspectos considerados irrelevantes podem rendem boas peças literárias nas mãos de um cronista.
  • Aula 5: A crônica esportiva: a poetização da potência esportiva e a literatura em campo. Seria este um ramo monotemático ligado do futebol ou existe espaço para outras modalidades (inclusive os e-sports)?
  • Aula 6: A crônica de amor: um olhar sobre as narrativas envolvendo as paixões, os desamores, a dor de cotovelo, o amor platônicos e tantas outras variantes que compõem um dos temas mais recorrentes aos cronistas.
  • Aula 7: Memória. A importância da memória para a crônica, como uma lembrança de uma determinada passagem ou pessoa pode trazer a tona excelentes histórias.
  • Aula 8: O nada. O que fazer quando não há um tema a ser desenvolvido e o deadline está próximo.
  • Aula 9: Perfil. Um panorama histórico do estilo e seus autores. O que define um bom perfil? O que é um bom perfilado?
  • Aula 10: Escolha de um personagem. Exibição do filme A Sangue Frio.
  • Aula 11: Discussão sobre o filme A Sangue Frio, o contexto envolvendo o livro que deu origem à obra cinematográfica e sobre seu autor, Truman Capote.
  • Aula 12: Entrega dos materiais escritos, leitura e relatos dos alunos sobre o método de adotaram para a construção do perfil. Considerações finais sobre o curso.
Total do investimento
R$1,500
à vista por boleto bancário ou cartão de crédito

Consulte condições de parcelamento, ou nos faça uma visita para receber 5% de desconto nas compras realizadas pessoalmente!

Quem ministra?


Willian Nunes

Willian Nunes é jornalista formado pela Universidade São Judas Tadeu. Redator e revisor de textos nas áreas de Marketing e Publicidade, atuou na B2W (Submarino e Americanas.com), Grupo Pão de Açúcar e Havas Worldwide. Membro do JOI, onde colabora com a produção de artigos, pesquisas e conteúdos de divulgação acadêmica.

CONTATO

Ficou alguma dúvida? Entre em contato e responderemos o mais breve possível.

HoráriosSegunda à sexta:
9h às 20h

Telefone11 36752360

EndereçoRua Ministro Gastão Mesquita, 354
Perdizes
São Paulo - SP